Exposição coletiva na CESMA – Santa Maria/RS

25.08.2011

Inaugurou com uma vernissagem no dia 25 de agosto de 2011, as 18:30. Participaram os artistas: Círia Moro, Clarissa Fabrício, Carlos Gustavo Hoelzel, Dinára Valladão, Graça Garcia, Janea Kessler, Lisianne Gonçalves, Roosi Zanon, Salette Marchi, Sandra Knackfuss, Simone Rosa e Vani Foletto.

Esta exposição  faz homenagem à diversidade, com o tema “Bicho”.

O material utilizado pelos artistas, na confecção dos “objetos”, será o pano e outros de origem têxtil, a enfatizar o aspecto simbólico da rede que une todos os seres vivos.

O objetivo é contemplar a diversidade e tocar memórias profundas, mas familiares, como a nossa origem comum, as tecnologias inspiradas nas soluções criativas da natureza, e a urgência da preservação do planeta. Há também o que podemos aprender com eles, na observação e no respeito, como nas fábulas, onde cada bicho representa um valor humano: a serpente que mente,  a loba que acolhe, o cavalo que conduz, a pomba e o corvo mensageiros, e tudo mais que nos falam os macacos, raposas, corujas, formigas, ratos e borboletas. As representações divinas e as correspondências astrológicas. Os animais extintos, os em perigo, os sujeitos às mutações genéticas, o tema é inesgotável, como é sem fim a variedade de formas e de adaptações nestes bilhões de anos de evolução da convivência.

Mesmo que o espaço urbano os expulse, eles continuam aí, domesticados, outros causando doenças, outros produzindo remédios, alimentos e fios. Enfim, vai dar muito pano pra bicho. Mas não há porque fazer um “animal de sete cabeças”, se o assunto é preservar aquele que nos habita.

Compartilhe no Facebook
Please reload

Recentes

Please reload