CONSONÂNCIAS

PICTÓRICAS

Em sua primeira série abstrata, Simone Rosa brinca com formas, linhas e cores concebendo interações de visualidades em uma perfeita consonância pictórica. Através de sua abstração, a artista prova que não é necessária a representação literal com referência no mundo visível para se representar a realidade das coisas, dentre seus devaneios, o afastamento da fidedignidade a aproxima do pensamento. Aqui o compromisso não é com a representação do que é palpável, mas sim com a liberdade de deixar-se ver com a intuição, potencializada pela inesgotável geração de significações aos olhos de quem vê e sente a obra. Nesta exposição há uma Simone livre que nos liberta para diferentes formas de ver.

Larissa da Rosa

Jornalista